quarta-feira, 27 de abril de 2011

Entregando Meu Filho nas Mãos de Deus ( Parte 3 )

"Nós não podemos limitar a atuação de Deus na vida de nossos filhos prendendo-os a nós e tentando criá-los sozinhos. Se não estivermos convictos de que é Deus que está mantendo esse controle, seremos regidos pelo medo, e a única maneira de ter certeza que Deus está no controle é abrir mão de nossa resistência e permitir que ele tenha pleno acesso à vida deles. E para tanto é necessário viver de acordo com a Palavra e os caminhos de Deus e orar a respeito de tudo. Podemos confiar que Deus cuidará de nossos filhos melhor do que nós o faríamos. Quando entregamos nossos filhos nas mãos do Pai e reconhecemos que ele está no controle da vida deles e da nossa, nós e nossos filhos desfrutamos de uma grande paz". 

"Nós não podemos estar em todos os lugares, mas Deus pode. Não podemos ver tudo, Mas Deus vê. Não podemos saber tudo, mas Deus sabe. Não importa a idade de nossos filhos: entregá-los nas mãos de Deus é um sinal de nossa fé e confiança nele, e o primeiro passo para que haja diferença na vida deles. É na entrega que começamos a orar por nossos filhos". 

"Senhor, 
Eu me chego a ti em nome de Jesus e te entrego (nome do filho/filha). Estou convencido de que só tu sabes o que é melhor para ele (a), que só tu sabes o que ele (a) precisa. Eu o (a) entrego aos teus cuidados e proteção, e me comprometo a orar por tudo o que me lembrar ou que o Senhor colocar em meu coração em relação a ele (a). Ensina-me a orar e orienta-me sobre o que orar. Ajuda-me a não impor minha própria vontade quando eu estiver orando por ele (a), mas capacita-me a orar para que a tua vontade seja feita na vida dele (a). 
Obrigado por eu poder partilhar contigo a criação dele (a), e porque não preciso fazer isso sozinho. Também sou grato por não ter de confiar nos métodos falíveis e inconstantes do mundo sobre criação de filhos, e por ter orientação segura na tua Palavra e sabedoria que vem como resposta de oração.
 Obrigado, Senhor, pela preciosa dádiva deste filho (a). A tua Palavra diz que toda dádiva perfeita vem de ti, e eu sei que o Senhor o (a) deu a mim para cuidar e educar. Ajuda-me nesta tarefa. Mostra-me em que aspecto eu ainda continuo a prendê-lo (a) e capacita-me a entregá-lo (a) ao teu cuidado, direcionamento e conselho. Ajuda-me para que eu não viva com medo de eventuais perigos, e sim com alegria e paz, consciente de que tu estás nos controle. Eu confio tudo a ti, e hoje entrego meu filho (a) a ti e o (a) coloco em tuas mãos"
Amém!
Armas de Guerra 


"Ora, se vós, que sois maus, sabeis dar boas dádivas aos vossos filhos, quanto mais vosso Pai que está nos céus dará boas cousas aos que lhe pedirem?" (Mateus 7:11)


"Mas a misericórdia do Senhor é de eternidade a eternidade, sobre os que o temem, e a sua justiça sobre os filhos dos filhos; para com os que guardam a sua aliança, e para com os que se lembram dos seus preceitos e os cumprem". (Salmo 103: 17-18)

"Não trabalharão debalde, nem terão filhos para a calamidade, porque são a posteridade bendita do Senhor, e os seus filhos estarão com eles". (Isaías 65:23)

"Herança do Senhor são os filhos; o fruto do ventre, seu galardão". (Salmo 127:3)

"E aquilo que pedimos, dele recebemos, porque guardamos os seus mandamentos, e fazemos diante dele o que lhe é agradável." (1 João 3:22)


Fonte: O poder dos pais que oram - Stormie Omartian 

2 comentários:

Anônimo disse...

Estava precisando ler essas palavras.

eliene almeida disse...

linda oraçao que deus abençoe nossos filhos eternamente

Postar um comentário